Cristãos dos EUA pressionam Trump a reconhecer Jerusalém como capital de Israel

Publicado por: Seu nome em 5 Feb, 2017

Donald Trump assumiu como 45º presidente dos Estados Unidos após vencer as eleições prometendo “fazer a América grande de novo”, o que na visão de muitos norte-americanos, se traduz em defender o país e as tradições. Uma das promessas que levaram o bilionário à Casa Branca foi transferir a embaixada do país em Israel de Tel-Aviv para Jerusalém, reconhecendo a Cidade Santa como capital israelense. Agora, ele está sendo cobrado.

A cobrança, quase imediata, se dá pelo fato de que, horas depois de ter tomado posse como presidente, Donald Trump assinou decretos para iniciar as mudanças que planejou para o projeto assistencial de saúde criado por seu antecessor, Barack Obama.

Desta forma, Trump agora vê seus apoiadores exigirem que ele coloque em prática o discurso adotado durante a campanha. Legalmente, o presidente norte-americano já tem os poderes necessários para isso, uma vez que o Congresso aprovou, em outubro de 1995, uma lei de reconhecimento de Jerusalém indivisa como capital de Israel, assim como a autorização do financiamento da transferência da embaixada norte-americana para lá.

+Irã promete guerra se Trump reconhecer Jerusalém como capital de Israel

Susan Michael, diretora da International Christian Embassy em Jerusalém, comentou a situação e afirmou que Israel é o único país em que a embaixada não está localizada na capital, devido a postura da Organização das Nações Unidas (ONU) em não reconhecer Jerusalém como sede do Estado de Israel, criado em 1948.

“Milhões de cristãos em todo o mundo entendem, com base na Bíblia, o significado espiritual de Jerusalém para o povo judeu, que foi estabelecida como capital de Israel há cerca de 3 mil anos pelo rei Davi”, disse Susan ao site Jewish News Service.

Para Susan, existe uma forte corrente no meio cristão que leva à cabo a lei espiritual apresentada em Gênesis 12:3: “’Abençoarei os que te abençoarem, e amaldiçoarei os que te amaldiçoarem’. Os cristãos querem ver os EUA apoiando Israel e desfrutando das bênçãos que este apoio trás”, frisou.

De acordo com informações do portal Christian Daily, o presidente da organização Christians in Defense of Israel, Matthew Staver, seguiu a mesma linha, e destacou que deixar de reconhecer Jerusalém como capital é um gesto antissemita.



Postado em: Sem categoria
Compartilhe:

Notícias relacionadas

Maioria dos cristãos não conhece a Bíblia em detalhes, revela pesquisa; Dados são alarmantes

A maioria ampla das pessoas que se identificam como cristãs não co...
leia mais

10 músicas que você não sabia que foram escritas por Anderson Freire.

Anderson Freire se tornou um dos principais intérpretes da Música ...
leia mais

Deputado evangélico pode ser responsável pela liberação do aborto no Brasil

O deputado federal pastor Eurico (PHS-PE), se tornou peça fundamental na ...
leia mais

Comentários (0)


No ar agora

Parceiros

Facebook

Maioria dos cristãos não conhece a Bíblia em detalhes, revela pesquisa; Dados são alarmantes

A maioria ampla das pessoas que se identificam como cristãs não co...

10 músicas que você não sabia que foram escritas por Anderson Freire.

Anderson Freire se tornou um dos principais intérpretes da Música ...

Deputado evangélico pode ser responsável pela liberação do aborto no Brasil

O deputado federal pastor Eurico (PHS-PE), se tornou peça fundamental na ...

Jotta A não canta mais música gospel?

O cantor Jotta A, deu uma entrevista polêmica, em que ele declarou que o s...

Após novo exame, médicos confirmam morte cerebral da ex-primeira-dama Marisa Letícia

A ex-primeira-dama Marisa Letícia, 66 anos, esposa do ex-presidente Lula,...

10 músicas que você não sabia que foram escritas por Anderson Freire. (224 acessos)

Anderson Freire se tornou um dos principais intérpretes da Música ...

Jotta A não canta mais música gospel? (221 acessos)

O cantor Jotta A, deu uma entrevista polêmica, em que ele declarou que o s...

Jovem Cristão é Morto por Anunciar o Evangelho a 50 Famílias na Índia (160 acessos)

Um jovem com apenas 23 anos, convertido ao cristianismo penas alguns anos atr&aa...

Após novo exame, médicos confirmam morte cerebral da ex-primeira-dama Marisa Letícia (160 acessos)

A ex-primeira-dama Marisa Letícia, 66 anos, esposa do ex-presidente Lula,...

Deputado evangélico pode ser responsável pela liberação do aborto no Brasil (140 acessos)

O deputado federal pastor Eurico (PHS-PE), se tornou peça fundamental na ...